Sobre a Rede Feminina

Acompanhe a História da Rede Feminina de Combate ao Câncer em São Caetano do Sul

1971

Iniciou suas atividades em 1971. A Sra. Santina Moretti a convite da Senhora Carmen Prudente, fundadora e presidente da Rede, na ocasião Associação Paulista Feminina de Combate ao Câncer, fundou a regional de São Caetano do Sul.

A finalidade da Rede de São Caetano do Sul, era de orientar sobre o câncer, arrecadar recursos e encaminhar os pacientes ao Hospital do Câncer.

1994

Ano de 1994 : Toma posse a Sra. Neuza Toloi Lacava em 05 de maio de 1994.

Até essa data era vice-presidente da Sra. Santina Moretti.

1998

Em 1998 mediante o reconhecimento do trabalho incansável desenvolvido pela Rede e a necessidade de um espaço maior para o atendimento ao público, crescente a cada momento, recebe do Senhor Prefeito Municipal, Dr. Luiz Olinto Tortorello e do Senhor Vice-Prefeito, Dr. Silvio Torres, um espaço físico para a instalação da Rede.

1999

Em 1999 recebe um grupo de artesãs, oferecendo mão de obra gratuita de crochê, tricô, pintura em tecidos, bordados e outros com toda a renda revertida para a Rede.

2000

Em maio de 2000, o Hospital do Câncer, através da Fundação Antônio Prudente, desvincula todas as Redes do Hospital, tanto as estaduais quanto as municipais.

A Rede de São Caetano do Sul resolve continuar suas atividades, tornando-se independente. Lutando contra o tempo, convocou Assembléia, elegeu diretoria, aprovou Estatuto e Regulamento Interno e, regularizou todos os registros exigidos pela legislação.

Para concretizar esse processo, a Rede convida a Dra. Maria Evani Souza de Moraes, que juntamente com o Dr. Aumary Laselva, encarregam-se da elaboração do estatuto, constituição de pessoa jurídica e demais formalidades, assumindo cargos de Diretores Jurídicos.

A Rede passa a ter o nome jurídico de: Rede Feminina de Combate ao Câncer – São Caetano do Sul.

2001

Em 2001 monta um acervo com folhetos, encartes, revistas especializadas com referências bibliográficas fornecendo informações sobre os diferentes tipos de câncer permitindo à comunidade pesquisa e conhecimentos sobre causas e tratamentos.

Em parceria com a Clínica de Psicologia Insight os doentes e seus familiares recebem, gratuitamente, atendimento psicoterápico individual – método breve. Há ainda, em parceria com fisioterapeutas, o atendimento a mulheres mastectomizadas, que reunidas em grupo, recebem apoio psicológico incluindo o aprendizado de exercícios.

2002

Em 2002 organiza um grupo de voluntárias sob coordenação da Sra. Lair Jung Dias, que atuam no Hospital Pan-Heliópolis, no setor de Cabeça e Pescoço dando apoio, amparando, acompanhando e auxiliando os pacientes carentes em tudo quando necessário.

2004

Em 2004 Dra. Maria Evani Souza de Moraes é eleita presidente da Rede, conforme o estatuto aprovado em assembléia.

2005

Assumem o cargo de Diretor Jurídico Dr. Aumary Laselva, que a partir do dia 9 de Março de 2005, compartilha essa função com o Dr. Paulo João Beneveto, que orienta os pacientes carentes portadores do câncer quanto aos seus direitos. Pertencem ainda ao Departamento Jurídico da Dra. Leila Rosa Ponzoni e Dra. Luciana Roseli Carvalho.

2006

– Rede Feminina conquista sede própria em S.C.Sul na Rua Rafael Correia Sampaio, 354 – B. Sto. Antonio – S.C.Sul – utilizando uma verba doada pela Sra. Odaléia Conde de Brito Lowe

- 1º ENCONTRO DO VOLUNTARIADO D CÂNCER DO ESTADO DE SÃO PAULO

2007

Indicação para o premio MULHERES EM DESTAQUE das voluntárias:
Terceiro Setor: Milza Maria da Cunha Martins Garcia
Decoração: Ângela Tasca – Ganhadora do Premio

2008

Assume a presidência a Sra. Milza Maria da Cunha Martins Garcia, para o biênio 200/2010.
7º Congresso das Redes Femininas, em Fortaleza.

2009

Falecimento da nossa presidente Sra. Milza Maria Martins da Cunha Garcia, em 19 de julho de 2009.
Assume a presidência a vice a Sra. Lucia Maria C. de Oliveira Leite até o termino do mandato.
Realização do 1º Simpósio de Oncopsicológico do ABC.

2010

Eleição da gestão 2010/2012 onde foi eleita a Sra. Lucia Maria C. de Oliveira Leite e toda a nova diretoria.
8º Congresso das Redes Femininas em Maceió.

2011

Ao completar 40 anos a Rede Feminina ganha um premio (depois de 03 anos de estudos) da Pró Vida – Central Geral do Dízimo. Ganhamos todos os materiais de construção relativos à reforma de nossa sede, além de mobiliários, eletrodomésticos, informática. Toda a parte para se trabalhar no escritório e material de construção, janelas, portas, etc.

Nesse mesmo ano, a Tesoureira Sra. Marlene Depólito Santi ganha o Prêmio Movimento Acolher – categoria Crescente da Natura Cosméticos AS, o valor de R$15.000,00 que foi utilizado para o pagamento da mão de obra na restruturação e reforma da Sede.

2012

Em 08 de março é reinaugurada a Sede da Rede Feminina, após o termino da reforma.

Em 02 de agosto foi realizadoa eleição da gestão 2012/2014, sendo eleita a Sra. Marlene Depólito Santi.

9º Congresso das Redes Femininas em Brasília – 06 a 10 de novembro.

Galeria de Fotos



Missão, Visão e Valores

Os recursos utilizados são adquiridos com as voluntárias ou arrecadados em campanhas.

A Rede Feminina tem como finalidade estatutária a divulgação do câncer, visando sua prevenção e o suporte aos doentes e familiares.

Quanto à sua divulgação, desenvolvemos campanhas de prevenção e ministramos palestras com especialistas em várias áreas.

A Rede Feminina conta com 110 voluntárias, psicólogas da Clínica Insight e fisioterapeutas.

A Rede é cadastrada no Centro de Voluntário de São Paulo, presidida pela Senhora Milu Vilella. Para a captação de nossas voluntárias, a Rede participa de cursos no Hospital das Clínicas, sob a coordenação da Senhora Ermantina Ramos, presidenta da UNACCAM, e supervisão do Prof. Dr. Aristodeno Pinotti.

É importante para esta Instituição ter um estoque de medicamentos específicos, que são doados para os pacientes que procuram a Rede. A aquisição e distribuição são feitas sobre orientação médica.

A busca por parceiras é uma preocupação constante mediante a crescente demanda por ajuda continuidade de seus trabalhos e o enfoque na Campanha de Prevenção.

Participe das redes e ajude essa causa

© 2012-2017 Rede Feminina de Combate ao Câncer - SCSul - CNPJ: 03.933.963/0001-36
Certificado de Utilidade Pública Municipal Lei nº 4.212 de 11/03/2004